Buscar

Mato Grosso do Sul: As belezas de Bonito


Um dos lugares que eu mais queria conhecer no Brasil (depois de Fernando de Noronha)... e só posso dizer uma coisa: que lugar lindo!

Talvez não foi escolhi a melhor época (maio começa a esfriar um pouco), mas não dei sorte... porque não era mais época de chuva... e choveu todos os dias! Mas mesmo assim, conseguimos fazer tudo, quer dizer, quase tudo! (melhor época para ir? Agosto)

Como chegar: fomos de avião até Campo Grande - e de lá pegamos um transfer para Bonito (300km aproximadamente). Você pode ir de carro também, mas a estrada não é super tranquila (praticamente a pista toda é vai e volta - 1 pista) e é um pouco cansativo. Mas de ônibus/transfer considere umas 4 horas de viagem.

Obs: a gente não estava com muita sorte no transporte... já nesse primeiro dia, nosso avião arremeteu (e quase morremos do coração).

Onde ficar: Bonito tem muita opção de pousada/hotel, mas particularmente ficamos em um pousada incrível (a 5 minuto do centro - de taxi). Mas valeu a pena. Porque era um hotel super bonito e bem arrumado - MARRUÁ HOTEL.

Mas tem pousadas no centro, como a Paraíso das Águas, que são tão boas quanto... e não precisa de taxi para ir ao centro.

obs 2: taxi em Bonito é R$ 20,00 para qualquer lugar dentro da cidade. Não importa a distância.

O que fazer: nós tínhamos pouco tempo, então tivemos que selecionar as atividades (não ia dar para fazer tudo). Mas acertamos bem no mix dos passeios. Fizemos de tudo um pouco! Vou contar o meu roteiro... depois faço outro post com outras opções que as agências oferecem.

DIA 1

Cachoeira Boca da Onça

Pegamos um transfer (que buscou a gente no hotel) e fomos para a Fazenda Boca da Onça. O lugar é mega bem estruturado e super profissional. Recebe poucas pessoas por dia, então tem que reservar com antecedência. Lá, eles nos separaram em grupos para começar a trilha. A trilha tem aproximadamente 4 horas (com paradas nas cachoeiras). Infelizmente, como estava chovendo no dia anterior, a água estava marrom (não era suja) e muito gelada (mais que o normal). Mas mesmo assim foi lindo e deu para aproveitar (a sorte é que não choveu durante o passeio).

Depois, almoçamos por lá (incluso no passeio)... uma delícia!

Voltamos para o hotel as 16h.

A noite saímos para dar uma volta na cidade... fazer umas comprinhas, comer e beber!

Jantamos na Zapi Zen Pizzaria (porque estávamos sem fome para comer comida) e depois fomos beber no Taboa Bar - que no final da noite vira forró e todo mundo levanta para dançar - saímos de lá as 2am. DICA: experimente as pingas deles... mas cuidado para não beber todas elas sentado... porque depois não levanta nunca mais kkk

DIA 2

Acordamos destruídas (porque dormimos 3 horas) e de novo... não tivemos sorte com o transporte. O transfer estava marcado para as 7h30 e o infeliz chegou as 7am e, claro, não estávamos prontas ne? Aí foi a maior briga e o motorista deixou a gente lá (mas no final, reclamei na agência e eles admitiram o erro e enviaram um carro particular). Aí no mesmo momento, começou a chover (cair o mundo)... achei que iam cancelar todos os passeios (e era o dia mais legal). Mas depois melhorou... e deu certo!

Lagoa Misteriosa

Um dos lugares mais lindos que já conheci. O passeio começa com uma trilha (sim, de novo)... tem uma parada no mirante... e alí está a Lagoa... mais azul que não sei o que.

E depois... chegando na Lagoa... ficamos 40 minutos curtindo a água de 26o. Estava melhor dentro da água do que fora! Na Lagoa você pode fazer só flutuação (que foi o que eu fiz) ou mergulho. Os 2 são incríveis.

No mergulho, rolou até pedido de casamento quando estávamos lá!

E, no final, pegamos carona com eles na volta... e descobrimos a história dos dois e como ele pensou em pedir ela mergulhando em Bonito. Foi tão lindooo!! E criativo ne? #ficaadica para quem quer fazer pedidos de casamentos de maneiras diferentes.

Obs: a foto é o noivo esperando a noiva descer para encontrar com ele rs.

A tarde íamos fazer flutuação no Rio da Prata... mas caiu o mundo e o passeio foi cancelado.

Voltamos para o hotel... e como o dia anterior tinha sido bem agitado, resolvemos descansar... e dormimos até o dia seguinte.

DIA 3

Gruta Azul

Último dia.. mas ainda dava tempo de fazer mais um passeio. Fomos no cartão postal de Bonito - a gruta Azul.

O passeio também tem vagas limitadas e tivemos que fazer a reserva com bastante tempo de antecendência.

Resumindo... é uma trilha de escadas, dentro de uma gruta e chega até um "lago" azul - mas é um azul inacreditável. A foto não mostra nem 10% do que é.

Voltamos e antes de pegar o transfer para Campo Grande de volta, paramos para almoçar na Casa do João (imperdível também. Melhor restaurante de Bonito). Comemos um filet mignon maravilhoso!

Dizem que o filet de Tilapia é incrível também.

E assim foi o nosso feriado... com muita chuva... mas com muita história para contar!

E conclusão: o lugar é incrível mesmo até na chuva.


© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com