Viajando por Moçambique: Maputo

December 5, 2018

 

 

 

 

  

 

Minha primeira parada em Moçambique foi na capital. O voo foi SP - Joanesburgo-Maputo.

 

Não sei se é tão turística, mas vale um dia para conhecer

 

Como eu não tinha tempo, já fiz um esquema com o taxista que me pegou no aeroporto e rodamos os pontos turísticos.

 

O grande bazar da Av. 25 de Setembro  é ótimo como comprar lembranças e caputalas (aqueles tecidos coloridos tem típicos), os outros locais que passei e Moçambique tinham poucas opções e tudo muito mais caro. – aossábados tem uma feira de artesanato na Praça 25 de Junho também.

 

Os principais pontos turísticos na cidade são:

 

  • Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição, que ainda tem alguns canhões e artefatos da época da colonização portuguesa e um pequeno museu lá dentro;

 

  •  Museu de História Natural, é em um prédio muito bonito, dentro diversos animais empalhados e uma coleção de insetos bem grande;

 

  • A estação de trem, também é em um prédio maravilhoso e vale uma passadinha;

 

  • Catedral metropolitana e estátua do Marechal Samora Moises Machel – samora Marchel é o cara da revolução e depois foi presidente de Moçambique;

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Alguns museus que não conheci: Museu Nacional de Arte, Museu da Revolução e Museu da Moeda.

Os restaurantes que pude provar:

 

Dhow – Melhor ambiente e melhor vista

Um misto de café, restaurante com galeria de arte e loja. Vale conhecer (e meninas... cada joia bonita a venda?!)

 

 

Mundos – é descontraído e com todo tipo de comiga, bom para happy hour e super bem localizado.

 

 

De Maputo é possível fazer mais de um passeio bate e volta, Ponta Mamoli, Praia de Macaneta, Ilha de Inhaca, safári na Suazilândia... Eu optei por um safári no kruger Park, com a empresa Bushfind.

 

A fronteira com a África do Sul está a cerca de 100km de Maputo, para fazer um passeio desses é preciso tem visto múltiplas entradas! Foi um passeio interessante, consegui ver diversos animais, porém não se compara a uma hospedagem clássica de safári no Kruger – é realmente só para passar um pouquinho da vontade de fazer. Mas seguem algumas fotos.

 

 

 

De Maputo eu seguia para Tofo de “ônibus”, é o shuttle da Fátima Backpackers que faz a viagem, só passar um dia antes no Hostel Fatimas´s backpackers e comprar o ticket por 1000 meticais. Eu pessoalmente fui direto à Junta no dia e entrei no ônibus, o esquema é meio bizarro...

Ônibus só saí quando enche, o pessoal da Fátima indica chagar as 4:50 da manhã no local, cheguei as 5:30, o ônibus saiu às 6:40. É uma zona, super cheio, gente de todo tipo vendendo de tudo, dentro fora... aquele caos, mas sem crises para aguentar kkk

São 500km, cerca de 9 horas até Tofo!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

You Might Also Like:

Uma volta por Quito

October 4, 2019

Bate-Volta em Quilotoa

October 3, 2019

1/15
Please reload

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com