Buscar

Santiago: Roteiro de 2 dias


(Roteiro enviado pela minha amiga Clara Cuminato – que conhece bem o que é passar o final de semana nessa cidade)

Fomos para Santiago passar um final de semana intenso e tentar conhecer tudo o que essa cidade proporciona no inverno. Pegamos um voo LATAM até Santiago que chegou de madrugada no sábado. Ficamos na casa de amigos que fica no bairro Las Condes. Esse bairro tem um ar sofisticado, com parques lindos e shoppings com arquiteturas modernas. É também um bairro mais paradão e um pouco mais distante da badalação. Recomendamos, para quem nunca foi a Santiago, se hospedar em Providencia ou Lastarria que tem excelentes hotéis e é no fervo!! Chegamos e nos forçamos a dormir porque o dia seguinte prometia:

1º DIA:

QUER BRINCAR NA NEVE?

Fizemos o tour com a agência Samba Tour para o Valle Nevado + Farellones e foi ótimo. Pagamos cerca de 20.000 pesos chilenos pelo passeio de um dia inteiro (inclui apenas transporte até as 2 estações). Antes de subir a montanha, alugamos as roupas de Ski (Calça, Luva, Jaqueta e Bota – 18.000 mil pesos chilenos)

Alugamos tudo e fomos felizes para a van que nos levou até o Valle Nevado. As milhões de curvas do percurso me fizeram quase pagar um mico. Muito acentuadas, eu sugiro que levem água, Gatorade, qualquer coisa que faça você se sentir melhor (Juro, quase paguei Micão com o povo), porque além das curvas o percurso demora mais ou menos 1h. Ah também sugiro ir no supermercado antes do passeio e comprar comida. Lá nos restaurantes do Valle Nevado é uma FORTUNA e LOTADO!!! Então, acorde cedo e vá comprar algumas coisas energéticas (chocolate, banana...) para não ficar zonzo e irritado porque está com fome.

Nos divertimos muito lá, só não alugamos o ski porque era bem caro (tipo 600/700 reais) para skiar e ter aulas (Sim, eu precisava de algumas aulas porque eu tinha noção ZERO do que era esse esporte). Me contentei em fazer boneco de neve, jogar na cara do amiguinho bolinhas de neve e fazer a louca como se nunca tivesse visto neve na vida!! Foi ótimo!!

Depois voltamos para a van e fomos para o povoado de Farellones. Um lugar MÁGICO, pensa em um lugar lindo? É esse lugar! Lá tem mais estrutura de povoado mesmo (não pense que é mais pobrinho porque querido uma casa lá custa alguns milhões e só magnata tem a sua casa de inverno lá). Lá ficamos pouco e apreciamos uma beleza maravilhosa que o Chile nos dá! Mas isso já era umas 15h e estávamos exaustos então ficamos sentadinho em um banco tomando um chá. (Bem idosos mesmos). Mas lá existe um pista bem legal para esquiar e uma tirolesa (10.000 por pessoa) – na época que fomos o parque inteiro não estava aberto.

Quer saber mais sobre o tour completo para Valle Nevado e Farellones? Leia aqui!!

Noite: Voltamos muito cansados, mas nada que nos impedisse de que? De beber e comer!! Voltamos e tomamos nosso digníssimo banho e já pensamos no que íamos fazer de noite! Demos uma mini descansada nas pernas para se jogar para o bairro dos bares, Lastarria!

Esse bairro é uma delícia e tem restaurantes bem renomados e muito bons! Queríamos ir em um restaurante muito famoso chamado BOCANARIZ, mas estava lotado e não conseguimos reserva. Esse é uma dica de OURO para quem quer comer bem em Santiago: reserve com antecedência (e chegue na hora).

Como estávamos lá, resolvemos ir em um restaurante bar chamado CHIPE LIBRE -REPUBLICA INDEPENDIENTE DEL PISCO. Quando você entra nesse restaurante, você acha ele pequeno e OK, mas o metre te levará aos fundos do restaurante e ai você terá uma belíssima surpresa! O restaurante tem um ar muito cool e é enorme lá trás! Cheio de gente nova e diferente! Foi uma ótima surpresa. Esse restaurante, como já diz, é especialista em PISCO (Destilado proveniente da uva), uma bebida muito tradicional no Chile que é como se fosse a cachaça nossa. Você deve estar pensando? Calma querida, Pisco é do Peru!!

Sim, também! Saiba que se você falar isso para algum chileno você terá uma morte lenta e sofrida. O Pisco vem de regiões que foram disputa territorial entre os dois países em antigas épocas, mas hoje eles cultivam a uva nos dois territórios e há uma produção em escala. Até hoje há uma briguinha saudável entre eles... mas só por precaução no Chile o Pisco é do Chile e no Peru o Pisco é do Peru, tá?

Voltando ao restaurante, as bebidas eram todas a base de pisco e tinham muitas ideias criativas. Uma delas a gente experimentou que foi: Pisco com Flor de Hibisco! MA-RA-VI-LHO-SO. Pedimos 4, só para ter uma noção e saímos de lá rindo à toa e dormimos como anjos.

A comida também era maravilhosa e era uma mescla de pratos peruanos com chilenos! Comi um prato vegetariano que estava de lamber o prato! E a porção era generosa! E olha que eu como viu?

2º DIA:

ONDE COMPRA VINHO? ONDE FICA O CENTRO?

Acordamos prontos para mais um dia! O dia do Centro e bairros que não visitamos!

Fomos a Lastarria e Centro Histórico! Fomos de metrô que caia no meio da rua que tem os bares delicias. Queríamos ver de dia, já que tem muitas arquiteturas antigas e gostamos. Passeamos no bairro, visitamos um parque lindo que tem quase na frente do metro, praças e visitamos algumas galerias que tem nos meios das ruas e paramos em um bar bem de bairro para experimentar o tal TERREMOTO e o pastel de CHOCLO.

TERREMOTO: Uma bebida MUITO típica que vai Sorvete de abacaxi, vinho bem pobrinho, groselha e outros elementos que não soube descrever! É um shot? Não, é uma caneca mesmo de chopp com quase 500ml.

Geralmente eles bebem isso nas festas pátrias que acontecem em setembro e eles levam BEM a sério. É gostoso ? Olha, eu não gostei muito não! Doce demais mesmo!

Para comer foi o famoso pastel de choclo! Você está pensando num pastelzão delicia de 30cm ne? Eu também pensei. Mas era como se fosse um escondidinho de purê de batata com carne, so que o purê de batata era purê de milho! E foi isso! Decepcionante? Não!!! É MUITO BOM e barato (Uma porção razoavelmente grande de 2000 a 3000 pesos)! Então quem procura algo que seja para mochileiros, mande brasa! Sustenta e é barato!

De lá fomos ao Zoológico, que não entramos porque pensamos “Nossa estamos em Santiago e a gente vai no zoológico?”, mas para chegar no zoológico você tem que subir um castelo que é muito lindo e te proporciona uma vista maravilhosa de Santiago. Foi isso que foi nos levando até a bilheteria do zoológico e depois nos demos conta.

Depois dessa caminhada a Lastarria, pegamos o metrô para comprar o que? VINHOS!

Tarde: Como você esta pesquisando a sua viagem para Santigo acredito que já deve ter aparecido nas suas buscas no Google de “Onde comprar vinhos” o Mundo Del Vino, certo?

Antes de sair a busca de uma loja deles pense: Você quer comprar algum vinho especifico e você já sabe o rotulo? Se sim, lá é o lugar MESMO. Se não, VÁ AO SUPERMERCADO.

Você pode levar 4 garrafas de vinho na sua mala de mão e o até 6 garrafas na sua mala de despache. (O bom da loja Mundo Del Vino é que eles embalam em caixas e você despache sem ter que enrolar suas blusas de frio nas garrafas).

Todos os supermercados em Santiago têm paredões de vinhos para vender e geralmente fazem umas promoções belíssimas que você desacredita que são aqueles valores MESMO de vinho.

Supermercados para comprar vinhos: Tottus, Unimarc, Lider.

Vinhos que só o Chile e França cultivam a uva: Carmenere

Vinhos divinos para comprar por até 8.000 pesos: Oveja Negra, Emiliana, Adobe.

Vinhos divinos para comprar por mais de 8.000: Amayna, Laura Hartwig.

Vinho para presentear ($$$): Caballo Loco (rotulo azul foi o que experimentei. DIVINO e só existe no Chile esse vinho), PRIMUS, Gran Tarapacá (Etiqueta negra)...

Saímos do supermercado com apenas 10 garrafas de vinho sendo que compramos 2 para presentear! Gastamos 250 reais!! SIM, 250 REAIS em 10 garrafas!

De lá, voltamos ao apartamento deixamos as garrafas e saímos para almoçar! Fomos ao Shopping Parque Arauco que fica em Las Condes. Lá é um shopping com arquitetura aberta e lojas Louis Vuitton... Procuramos um restaurante delicia para termos nosso último dia e fomos ao restaurante Margot ($$$), mas também não conseguimos reserva. Então fomos a um restaurante de sanduiches ($$) mesmo e estava uma delícia. Mas foi muito mais gostoso porque no shopping tem uma praça no meio e os restaurantes ficam ao redor. Naquele dia havia um pianista com uma cantora belíssima cantando MPB com um português bizarramente perfeito. Foi lindo de ver.

Voltamos ao apartamento arrumamos todas nossas garrafas de vinho e partimos para o aeroporto com o coração cheio de experiência linda!

Quer mais dicas sobre os destinos da América Latina?? Clique aqui.

#porumavidasemrotina


73 visualizações

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com